Consulado da Índia
Voltar a Págia Principal
Clique para ampliar

Sr. Elson de Barros Gomes Jr, Consul A. H da ?ndia em Minas Gerais e Sr. Anand Mahindra, Vice Presidente e Diretor Administrativo da Mahindra & Mahindra Ltda, em Nova Delhi


Ministro da Rela??es Exteriores, Sr. Celso Amorim e o Vice Presidente da C?mara de Com?rcio ?ndia Brasil, Sr. Leonardo Ananda Gomes, em rodada de neg?cios em Nova Delhi

Separador de Conte?do

Requisições de visto são aceitas das 15:00 às 16:30 horas de segunda a sexta-feira, exceto feriados, exclusivamente com horário  agendado com 48 horas de antecedência através do telefone (31)3055-3836 ou pelos e-mails presidencia@indiabrazilchamber.org ou pesquisa@indiabrazilchamber.org.  O prazo estimado para a entrega dos vistos é de 15 dias úteis.

Pede-se aos candidatos ao visto de Negócios, de Estudante e de Trabalho que verifiquem se todos os documentos requisitados estão anexos e se todas as exigências estão sendo atendidas. É necessário ressaltar que documentação complementar poderá ser requisitada.

Os detalhes dos documentos e as requisições estão listados separadamente. Documentação incompleta pode resultar em atrasos. Candidatos de outras nacionalidades ou brasileiros portadores de dupla nacionalidade terão sua requisição processada por mérito, sujeita à liberação da Embaixada da Índia no país do candidato, tal procedimento demora no mínimo 7 (sete) dias úteis.

Taxas de visto devem ser pagas exclusivamente em três cheques administrativos separados, nominais à Embaixada da Índia um no valor de R$10,00 (dez reais) para o Fundo de Bem Estar da Comunidade Indiana (ICWF); um no valor da taxa do visto (o valor varia de acordo com a categoria de visto); e outro no valor de R$ 60,00 (referente ao SEDEX). Para isso, o banco poderá solicitar o número do CNPJ da Embaixada, que é 04.386.483/0001-65. As taxas de mais de um candidato podem ser incluídas no mesmo cheque desde que os candidatos estejam aplicando para a mesma categoria de visto e que se respeite a regra de três cheques administrativos emitidos separadamente, um para o Fundo de Bem Estar da Comunidade Indiana (ICWF), um com o valor da taxa do visto e outro com o valor do SEDEX.

Aplicantes da AIESEC devem entrar em contato com a instituição para verificar a categoria de visto correta e a documentação exigida.

O Consulado A.H da Índia não se responsabiliza por bilhetes aéreos ou quaisquer reservas feitas / compradas antes da emissão do visto para viajar à Índia, e aconselha – se que tenha o visto em mãos para finalizar os procedimentos de viagem.

É IMPORTANTE SABER QUE AS TAXAS PAGAS NÃO SÃO REEMBOLSÁVEIS E QUE, UMA VEZ PAGAS, NÃO SERÃO DEVOLVIDAS EM HIPÓTESE ALGUMA.


VISTO DE TURISMO

Documentação:

  • Preencher formulário no site: https://indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto;
  • Aplicantes residentes em Minas Gerais devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos 5cmx5cm – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online.
  • Certificado Internacional de Vacina contra Febre Amarela na validade;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Taxa do visto de Turismo (em cheque administrativo) validade: 6 meses – R$ 165,00;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) -R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo.
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil.
  • Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

*Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.
* Pessoas que tenham a profissão de jornalista, mesmo que viagem para fins de turismo devem solicitar o visto de jornalista.
* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, da Argentina, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos da taxa de Visto de Turismo.
* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida. 

 

VISTO DE NEGÓCIOS

Documentação:

  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses.
  • Preencher formulário no site: www.indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto.
  • Aplicantes residentes em Minas Gerais devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online.
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela na validade.
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados.
  • Carta de Apresentação da empresa Brasileira à qual está vinculado, estando apta a arcar com todas as despesas.
  • Carta convite da empresa Indiana de interesse.
  • Taxa do visto de Negócios (em cheque administrativo) validade: 1 ano – R$ 485,00
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) -R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto)
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo)
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo.
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil.
  • Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.
* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.
* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida. 

 

VISTO DE TRABALHO

Documentação:

  • Preencher formulário no site: www.indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco - a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela na validade;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Carta de oferta de emprego;
  • Contrato de trabalho em inglês;
  • Prova de qualificação educacional e qualificação profissional;
  • Comprovante do seguro de saúde;
  • Taxa do visto de Trabalho (em cheque administrativo) validade: de acordo com documentação de apoio - R$ 485,00;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) -R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

 

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.
* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.
* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida. 

 

VISTO DE CONFERÊNCIA

Documentação:

  • Preencher formulário no site: www.indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. Lembramos que é obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco - a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela na validade;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Taxa do visto de Conferência (em cheque administrativo) validade: de acordo com a documentação de apoio – R$ 325,00;
  • Carta convite da conferência nominal ao aplicante;
  • Carta do Ministério / Autoridade do Governo Indiano relacionada à Conferência (obtida junto aos organizadores da Conferência);
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) -R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.
* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

 

VISTO DE ESTUDANTE

Documentação:

  • Preencher formulário no site: www.indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco - a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Carta de admissão da instituição / escola com estrutura de taxas;
  • Certificado de Não Objeção do Ministério da Saúde da Índia, se o estudante tiver sido aprovado para um médico ou paramédico;
  • Extrato bancário atual do aplicante ou do patrocinador;
  • Taxa do visto de Estudante (cheque administrativo) validade: de acordo com documentação de suporte – R$305,00;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) -R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.
* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

 

VISTO DE ENTRADA

Documentação:

  • Preencher formulário no site: www.indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. Lembramos que é obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco - a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Carta convite nominal ao aplicante;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) -R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa do visto de Entrada (em cheque administrativo) validade: de acordo com documentação de suporte R$ 325,00 ou R$485,00 (depende da documentação apresentada)
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.
* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.
* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida. 

 

VISTO DE TRANSITO

Para aplicantes com destino para outro país, passando pela Índia, sem permanência na Índia.
* O Visto de Trânsito é necessário apenas para aqueles que, durante o trânsito para um terceiro país, precisem passar pelo controle imigratório da Índia nos aeroportos, nos portos ou nos postos de controle terrestres.
Documentação:

  • Preencher formulário no site: www.indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. Lembramos que é obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Belo Horizonte, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco - a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Cópia do bilhete aéreo;
  • Taxa do visto de Trânsito (em cheque administrativo) validade: 15 dias – R$ 82,00;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) -R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.
* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

 

VISTO DE JORNALISTA

Um visto de Jornalista (J) é emitido para um estrangeiro que seja jornalista.
A um jornalista que esteja visitado a Índia com outro propósito, como turismo ou conferência, só será emitido o visto J.
Todos os jornalistas, independentemente do motivo de sua visita, exceto em caso de emprego em uma Organização de Mídia indiana, devem aplicar para o visto J, que será emitido para três meses, com entrada única.
Taxa de serviço consular: R$ 140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

 

*Todas as informações contidas no site do A.H Consulado da Índia em Minas Gerais estão sujeitas a modificação sem aviso prévio.

 

*A vacina contra Febre Amarela pode ser obtida na ANVISA, que se localiza no seguinte endereço: SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BELO HORIZONTE - Telefone: (31) 3246-5026. Endereço: Rua Paraíba, nº 890-Funcionários, Belo Horizonte, MG– CEP 30130-140. Atendimento: Segunda a Sexta, 9h às 12h e de 13h às 17h.

Barra de navegaçao do site